quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

leite condensado caseiro

Leia Mais ►

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Abertura show da Gabriela

Leia Mais ►

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Apresentando minha maquiagem

Leia Mais ►

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Como fazer Massinha de Modelar

Leia Mais ►

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Tour pelo meu quarto

Leia Mais ►

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Procurados aqui são disponibilizadas imagens de pessoas procuradas por crimes que podem ser resolvidos com o seu auxílio.


LAERTI DA SIQUEIRA 

LAERTI DA SIQUEIRA

FORAGIDO DO PRESÍDIO DE SANTA CRUZ DO SUL.
Alcunha: Piche.
Endereço conhecido: Rua Ibirubá, nº 482, Bairro Esmeralda ou Rua Augusto Bernar do Kessler, nº 142, Bairro Santa Vitória em Santa Cruz do Sul - RS.





CRISTIAN ZAUZA

CRISTIAN ZAUZA

FORAGIDO DO ANEXO PRESÍDIO REGIONAL DE SANTA CRUZ.
Alcunha: Nabão.
Endereço conhecido: Rua Mário Pizato, nº 163, Bairro São Roque em Bento Gonçalves - RS.




Leia Mais ►

Furto na Barragem do Arroio Durio e dois suspeitos presos pela Brigada Militar


Rogério Calveira
No dia 09, por volta das 16:30 horas a Brigada Militar recebeu ligação solicitando o comparecimento na Barragem do arroio Duro, onde teria sido praticado o furto na Casa de Máquinas, sendo que os autores estariam em um veículo Ford Escort de cor cinza. 
Quando a viatura da Brigada Militar adentrou a área da Barragem, deparou-se com o veículo  que deslocava em sentido contrário, sendo que o condutor não obedeceu determinação para parar e fugiu da guarnição, sendo perseguindo ocasião em que o motorista resolveu para o veículo, que era conduzido por Rogério Calveira tendo como carona Reginaldo Duarte Pereira. 

No porta malas do veículo foram encontrados 37 metros de corda quadrada usada para vedação, 2 lampadas incandescentes, um extintor de 6Kg e uma talha marca Coch com capacidade para 2 toneladas. O material foi averiguado por um funcionário da Corsan, que constatou serem os objetos que estavam na sala de máquinas, a qual foi arrombada sendo quebrado o cadeado e as correntes. 

Reginaldo Duarte Pereira
As partes foram encaminhadas a DPPA Camaqua, onde a Autoridade Policial determinou o Auto de Prisão em Flagrante de Rogério e Reginaldo, pelo crime de Furto qualificado, sendo ambos encaminhados ao Presídio estadual de Camaquã. Reginaldo tem 35 anos e responde à 4 ocorrências pelos crimes de Ameaça, Lesão Corporal e furtao, sendo concluídos pela Polícia Civil 4 Inquéritos Policias e remetidos a Justiça. Rogério tem 37 anos de idade e responde à 2 ocorr~encias por Ameaça e furto, sendo concluídos pela Polícia Civil e remetidos a Justiça, 3 Inquéritos Policiais.
Leia Mais ►

Acidente com vítima fatal na ponte do bairro Getúlio Vargas

Carlos Augusto de Vargas
No dia 08, por volta das 04:30 horas a Polícia Rodoviária federal efetuou contato com a DPPA Camaquã, relatando que na BR 116, próximo a Ponte do bairro Getúlio Vargas, havia acontecido um acidente com vítima fatal, solicitando o comparecimento da Polícia Civil para realização de perícia. Agentes da DPPA Camaquã deslocaram até o local e constataram que a vítima era um homem de cor parda, cerca de 1,75m de altura, complexição física forte, sem nenhum documento de identificação. O veículo que atropelou a vítima não prestou socorro e fugiu do local, sendo apreendido pela Polícia Civil pedaços de vidros, provavelmente do farol de um caminhão. Foi efetuado levantamento fotográfico e o corpo da vítima encaminhado para o DML da cidade de Pelotas, para realização de necropsia e coleta de digitais na intenção de identificar a vítima. Por volta das 11:00 horas, familiares da vítima compareceram na DPPA Camaquã, onde através do relato das vestes da vítima e pelo reconhecimento das fotografias realizadas no local, reconheceram a vítima como sendo Carlos Augusto de Vargas de 39 anos de idade, residente na rua Canguçu em Camaquã. A Polícia Civil instaurou Inquérito Policial pelo crime de Homicídio Culposo, sendo que as investigação já foram iniciadas. O resultado das perícias iriá contribuir para a identificação do veículo envolvido no acidente, uma vez que não existem testemunhas do crime.
Leia Mais ►

Acidente no interior de Camaquã com vitima fatal

No dia 07, por volta das 19:30 horas a Brigada Militar foi solicitada a comparecer na localidade de Passo da Vitorina, interior do município, para atender ocorrência de Acidente de Trânsito com Lesão Corporal. No local foi constatado que o acidente envolvia um veículo Fiat Uno placas IMG-8945, que era conduzido por Deur Braga com 31 anos de idade, e uma motocicleta Honda CG 150 placas ITP-7651 que era conduzido por Andriel Maron Guinguer com 21 anos de idade, não possuindo CNH. De acordo com o que foi informado pela Brigada Militar, o acidente aconteceu em uma curva, sendo que o veículo Uno deslocava sentido Camaquã – interior ocasião em que surgiu repentinamente a motocicleta que deslocava em sentido contrário, batendo de frente com o veículo Uno. O senhor Deur ligou para a Samu solicitando socorro, sendo que a vítima estava consciente quando foi removida pela ambulância, que chegou ao local antes da Brigada Militar. Segundo informações a vítima estaria trafegando em alta velocidade e ao fazer a curva, entrou na contra-mão dee direção, sendo que o condutor do Fiat uno freiou seu veículo mas não foi possível impedir o acidente. O registro foi realizado na DPPA Camaquã, sendo que a vítima acabou falecendo no Hospital Nossa Senhora Aparecida devido a gravidade dos ferimentos. A Polícia Civil instaurou Inquérito Policial pelo crime de Homicídio Culposo, onde serão realizadas investigações para averiguar as circunstâncias que envolveram o acidente com vítima fatal.
Leia Mais ►

Yunlihong muda planos no Rio Grande do Sul

Mantém investimento de R$ 180 milhões, mas produzirá inicialmente chassis de micro-ônibus

Chineses da Yunlihong visitam a encarroçadora Ibrava.
O investimento de R$ 180 milhões da Shiyan Yunlihong Industrial Trade Company, para construção de fábrica em Camaquã (RS), já demora mais de dois anos para se concretizar. No projeto inicial dos chineses, a planta começaria a montar caminhões leves e médios, com PBT de até 8 toneladas, no fim de 2014. De lá para cá, a empresa conseguiu terreno, dois inclusive, que somam área de mais de 120 hectares no município gaúcho, mas ainda nada saiu do papel. 

Em entrevista a Automotive Business, Lúcio Storchi, diretor administrativo da Yunlihong Motors do Brasil, como a empresa é chamada aqui, assegurou que o aporte está mantido, mas os rumos dos planos mudaram totalmente, atrasando o início das operações. 

Storchi explicou que a maior dificuldade do processo está na adaptação dos três modelos de caminhões chineses que deverão ser feitos no Sul. “Chegamos à conclusão de que não conseguiríamos competir neste mercado, que é dominado pelos financiamentos do Finame, do BNDES, com produtos montados com peças chinesas. Nossos caminhões precisariam ter logo de cara mais de 60% de componentes nacionais para serem vendidos pela linha de financiamento. A demora está justamente em conseguir ajustar este percentual alto de peças. Até agora temos apenas o motor Cummins definido. A caixa de câmbio deverá ser da Eaton ou da ZF. Mas todo o resto ainda passa por negociação com diversos fornecedores, o que deve ser estender até o ano que vem”, contou Storchi. 

A estratégia para acelerar os negócios no Brasil foi partir para outro segmento. Os primeiros produtos a serem lançados pela empresa, a partir de 2015, segundo o diretor serão dois modelos de chassis de micro-ônibus de 7 metros, um 4x2 e outro 4x4. “Nacionalizar um chassi é muito mais fácil. Como identificamos a carência deste tipo de veículo para transporte urbano, decidimos começar por esse caminho para tentar diminuir as dificuldades no processo de nacionalização. Depois de fecharmos contratos com fornecedores para os chassis, deverá ser mais rápido conseguir novos parceiros para a produção dos caminhões.” Os micro-ônibus também terão motor Cummins e caixa da ZF ou da Eaton. A carroceria deverá ser montada pela gaúcha Ibrava. O grupo também estuda aproveitar sistemistas já instalados na vizinha Gravataí, onde atendem a General Motors. 

Uma vez com a fábrica de chassis de micro-ônibus pronta em um dos terrenos, o que deverá acontecer só depois de 2015, a de caminhões deverá entrar em operação em seguida, na outra área próxima. Ambas as unidades serão erguidas com o mesmo pacote de investimento, que ainda virá a contemplar - se tudo der certo, como fala o próprio Storchi – uma linha para quatro modelos de implementos rodoviários. “Queremos produzir também caminhão-tanque, cegonheiras, carga seca e implementos do tipo leva tudo. A nossa intenção é vender o caminhão e o implemento em uma nota só. Tem muito chão pela frente para fazer tudo isso, mas posso assegurar que temos os R$ 180 milhões para este empreendimento no Brasil”, concluiu Storchi.
Leia Mais ►
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

lista

Postagens populares